domingo, 21 de março de 2010

um poema épico para um herói


era uma vez
um menino chamado afonso
que foi o mais bravo guerreiro
de todos os contos e histórias de encantar,
um herói tão especial
que lhe escreveram poemas épicos
daqueles que se cantam nas noites de luar;
inspirou as verdadeiras lendas
e ergueram-lhe estátuas de bronze
onde as donzelas e princesas
vinham deixar flores e outras prendas.
.
o seu nome ganhou um significado novo:
afonso passou a querer dizer
aquele que está pronto para combater
e todos, fidalgos cavaleiros ou homens do povo,
que o viram ou conheceram a sua história
testemunharam a sua coragem
e guardaram-na, como a um tesouro,
nos cantinhos luminosos da alma
e nos corredores empoeirados da memória.
.
ainda hoje, acreditem em mim,
afonso é um nome sonante
de homem sábio, forte e importante
(tivemos muitos reis a quem chamaram assim).
tudo porque um menino com olhos de mel
combateu dragões, gigantes e moinhos
e até inimigos que nunca viu,
armado apenas com esperanças e carinhos
e montado no cavalo colorido de um carrossel.
.
– – – –
.
era uma vez
um menino chamado afonso
que tinha olhos profundos e doces,
com a vida para viver
e gargalhadas para dobrar.
queria ir à escola
e jogar à bola
e brincar.
.
era uma vez um menino
que em vez de ser só um menino
escolheu, muito cedo,
ser um exemplo a seguir:
porque ser um herói,
é ter medo
e sorrir.
.
dedicado ao afonso, no dia mundial da poesia. com carinho e um respeito infinito.
..
raquel patriarca
vinteeum.março.doismiledez
________________________________________________________
. 
o afonso é um menino de seis anos. 
está a lutar pela vida contra e uma leucemia rara e muito agressiva.
precisa da nossa ajuda.

eu já estou registada como dadora de medula óssea.
vem juntar-te a este 'exército'.

o alistamento faz-se num dos centros de recruta e basta prestar voto de fidelidade e fazer um juramento de sangue, o que implica assinar um papel e fazer uma - muito pequena - recolha de sangue para análise.

e depois é possível que salvemos a vida a uma criança...

para mais lendas e poemas sobre o afonso, clicar aqui.

6 comentários:

  1. Raquel,

    Cada vez mais me impressionas com a tua beleza e sensibilidade!
    És simplesmente fantástica tens um coração de ouro que vale ouro!

    Bj Grande

    ResponderEliminar
  2. Raquel,

    Cada vez mais me impressionas com a tua beleza interior. És fantástica e tens um coração de ouro...que vale ouro!

    Bj grande

    ResponderEliminar
  3. Raquel,

    Tu és mesmo assim.
    Autêntica, generosa, solidária e sempre disponível. És um amor. É brilhante a forma como nos alertas para a necessidade e importância da dádiva do sangue. Oxalá o teu poema contribua para que o Afonso vença esta batalha. Vai vencer, ele é um heroi.
    Mil bjs

    ResponderEliminar
  4. o afonso encontrou um dador compatível de medula óssea. ainda há milagres e a esperança é possível.

    ResponderEliminar
  5. O "exército" de heróis dadores juntaram-se ao Afonso e venceram a batalha. Todos são heróis.

    ResponderEliminar